Qual é o seu diferencial?


Dizem que conhecemos um bom profissional no "arriar das malas". E você, o que acha?


Fonte: Google Images


Suponhamos que você acaba de ingressar num departamento onde todos são excelentes profissionais e com bastante tempo de casa. Muito embora esteja iniciando, sua faixa salarial está nivelada com os demais assim como o seu conhecimento técnico.


Com este cenário montado e com a certeza de que quer encontrar uma forma ética de se destacar e prosperar neste meio, faço a seguinte pergunta: Qual é o seu diferencial?


Meu pai sempre me contou muitas histórias sobre como iniciou e o que ele fez de diferente para prosperar na área de manutenção elétrica e eu, na categoria de bom ouvinte, ficava simplesmente boquiaberto imaginando como as coisas, por mais complexas que fossem, pareciam tão simples aos seus olhos. Anos se passaram e acabei chegando a conclusão de que este foi e ainda é o seu grande diferencial. Apenas para contextualizar, meu pai começou como ajudante e alcançou cargos de confiança dentro de um curto espaço de tempo chegando a liderar grupos com formação acadêmica superior a sua.


Independente do cargo que exerça esteja sempre disposto a surpreender e superar as expectativas. Evite expressões do tipo: "Hummm... isso é impossível", "Rapaz, não tem como fazer", "Não vou fazer", "Acho que não vai dar" e etc. Pensamentos negativos devem ser não só evitados mas de preferência eliminados por completo do seu vocabulário. Substitua estas por expressões como: "Tudo é possível", "Vou fazer dar certo", "Vou tentar e te dou um retorno". Também tenha em mente que o corpo fala e por isso esteja vigilante às expressões corporais negativas. Com atitudes simplórias você ganhará credibilidade e confiança não só dos seus clientes internos ou externos mas também dos seus colegas e da sua própria chefia que cada vez mais te dará as missões mais difíceis e importantes.


Outra dica simples porém infalível é: Esteja sempre disponível para ajudar os outros. Se prepare porque provavelmente você será mais requisitado e consequentemente ficará mais sobrecarregado também. A parte boa disso é que colherá bons frutos no médio ou até mesmo no curto prazo.


Devo salientar que a busca constante pelo conhecimento é muito importante e não existe receita de bolo para se "fabricar" um profissional de excelência. O somatório de suas atitudes com o seu conhecimento e aliado a sua experiência determinará o seu grau de importância para a companhia que esteja trabalhando. A grande sacada é estar bem consigo mesmo e deixar que tudo ocorra naturalmente evitando uma disputa desnecessária com o seu colega de trabalho. Pode ter certeza que as suas atitudes estão sendo observadas a todo instante e por todos a sua volta portanto não trabalhe tentando superar alguém mas sim a si mesmo.


Por fim eu poderia trazer inúmeros exemplos de situações que presenciei nesta jornada, em que os atos aparentemente muito simples foram impactantes e decisivos no momento da "dividida", entenda dividida como a decisão sobre quem sai e quem continua empregado ou até mesmo sobre quem passa e quem é eliminado num processo seletivo.


Pratique o positivismo, seja resiliente e determinado que sem sombra de dúvidas você se surpreenderá com os resultados!!


Sinta-se a vontade para curtir e deixar o seu comentário e/ou sugestão de tema para os próximos posts!


Abraços e sucesso sempre!!

Curta e compartilhe! Siga-nos nas redes sociais!!


CLIQUE AQUI E CONHEÇA O NOSSO CANAL NO YOUTUBE


SIGA O MEU DIFERENCIAL NO INSTAGRAM


SIGA O MEU DIFERENCIAL NO LINKEDIN


Aproveite para assinar o site e receba as atualizações!


"Existem várias formas de dar uma negativa, escolha a mais suave possível e de preferência após uma análise minuciosa"

Bruno Ribeiro


27 visualizações